Blog Guia Quatro Rodas

As piores estradas do país

por na estrada em

Prosseguindo com o post anterior, hoje é dia de elencar as atuais encrencas rodoviárias do país, os 10 piores trechos. Por sorte, poucas passam ou são rotas para destinos turísticos.

1ª) BR-452 - Itumbiara-Rio Verde (GO) – Campeã de cartas de leitores reclamando do estado de calamidade pública. Para percorrer os quase 180 quilômetros, o motorista gasta o triplo do tempo planejado. O trecho crítico está entre Itumbiara e Bom Jesus de Goiás, depois melhora.

2ª) PI-140Floriano-divisa PI/BA (PI) – O sul do Piauí está praticamente sem ligação terrestre. São 325 quilômetros de buraqueira, isolando o Parque Nacional da Serra da Capivara, uma das principais atrações turísticas e culturais do país.

3ª) BR-235Trevo de Pau-a-Pique-Remanso-divisa BA/PI (BA) – Fica do outro lado do Rio São Francisco, onde parece que a estrada foi esquecida junto com os lugares por onde passa.

4ª) BR-349Bom Jesus da Lapa-Santa Maria da Vitória (BA) – Antes de pegar essa estrada, passe na Gruta do Santuário em Bom Jesus e reze bastante para São Cristóvão protegê-lo.

5ª) BA-052Xique-Xique-trevo de Tapiramutá (BA) – Deve ser por isso que o preço do feijão está salgado. Os caminhões que transportam o alimento se arrebentam nos 250 quilômetros de buracos, encarecendo muito o frete.

6ª) BR-174Presidente Figueiredo-Caracaraí (AM/RR) – Com mais de 500 quilômetros de buraco, é a mais extensa rodovia precária do país. Não pare dentro da reserva indígena, Waimiri-Atroari, onde o tráfego é liberado apenas entre 6h e 18h.

7ª) BR-267Bataguassu-Nova Alvorada do Sul (MS) – São mais de 200 quilômetros de buracos, praticamente desertos e pouquíssimos postos de combustível.

8ª) BR-364Alto Araguaia-Rondonópolis (MT) - Está sendo recuperada, mas apresenta alguns trechos ruins.  Atenção nos 10 quilômetros da serra Petrovina, após o acesso para Itiquira.

9ª) BR-020Tauá-divisa CE/PI (CE) – Outro trecho precaríssimo histórico, com 90 quilômetros esburacados há décadas. E pior: posto de combustível ou borracheiro só ser for miragem. Em uma das crateras, nosso repórter entortou a roda e perdeu a calota.

10ª) BR-354 - Patos de Minas-trevo da BR-262 (MG) – A estrada vem melhorando sensivelmente, já foi o pior trecho brasileiro, mas continua apresentando alguns pontos bem esburacados.

Fernando Leite