Campo Grande

Cidade

Mapa
Ver no mapa:
|
|
 
PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: Climatempo

Com ruas largas e arborizadas, não perdeu o jeito de cidade do interior. Ela é porta de entrada para o Pantanal Sul, a Serra da Bodoquena e o Parque Nacional das Emas (em Goiás). A temática pantaneira está presente nas pinturas que decoram alguns prédios e na gastronomia. Imigrantes paraguaios, bolivianos e japoneses também deixaram sua marca. O fuso horário marca uma hora a menos em relação a Brasília.

COMIDA TÍPICA

Linguiça de Maracaju

O embutido que ganhou fama em Campo Grande é criação de Maracaju (a 164 km da capital), onde todo ano ocorre a Festa da Linguiça. A receita leva carne bovina picada, deixada de molho num caldo de laranja, e depois temperada com sal, pimenta, alho, salsa e cebolinha.

Onde Comer: no restaurante Linguiça de Maracaju , que fica na Rua Espírito Santo, 1443, Vila Célia; telefone - (67) 3029-1443. Horário de funcionamento: de terça a sexta-feira, das 11h às 14h30 e das 18h30 às 23h30, sábado, das 11h às 16h e das 18h à 0h e domingo, das 11h às 16h.

Sobá

Os imigrantes japoneses que chegaram no início do século 20 trouxeram a receita que mistura macarrão com omelete desfiada, caldo de peixe e cheiro-verde. Com o tempo, a massa de trigo sarraceno ganhou a companhia do caldo de carne, shoyu, creme de gengibre e carne de frango, de porco ou de boi.

Onde comer: nas barracas da Feira Central – uma das mais antigas é a Barraca da Amélia – e no restaurante Dona Maria, que fica na Avenida Ernesto Geisel, 5915, Cabreúva; telefone (67) 3321-0305; horário de funcionamento: de segunda a quinta-feira, das 18h às 23h, sexta e sábado, das 18h à 0h.

Sopa Paraguaia e Chipa 

Com receita importada do país vizinho, a “sopa”, na verdade, é uma torta salgada e úmida, que leva queijo curado, cebola, milho e leite. A origem é a mesma da chipa, um pão de queijo de massa compacta em formato de ferradura. Outra tradição paraguaia na cidade é o tereré (mate gelado).

Onde comer: na Panificadora Tietê , que fica na Avenida Mato Grosso, 4298, Carandá Bosque; telefone - (67) 3321-2206; horário de funcionamento: todos os dias, das 6h às 21h.

Comente