Los Angeles

Cidade

Mapa
Ver no mapa:
|
|
 
PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: Climatempo
  • www.lacity.org
  • 3.792.621 hab
  • 213
  • -6h (horário de Brasília)

  • San Diego 194 km, Las Vegas 426 km, São Francisco 614 km

Ver outros destinos em Estados Unidos »

A ampla planície semiárida no sul da Califórnia não era exatamente a terra dos sonhos quando um grupo de espanhóis e índios fundou o povoado de Nuestra Señora la Reina de Los Angeles, em 1781. No século 20, porém, a cidade dos anjos tornou-se o destino de aspirantes a astros. Começava a era do cinema, com Douglas Fairbanks, Mary Pickford e Charlie Chaplin e os grandes e glamourosos estúdios. Foi uma época que bairros e subúrbios da cidade -- Hollywood, Malibu, Santa Monica - entraram no imaginário popular. Muitos dos estúdios se foram, mas a Los Angeles de hoje não dá mostras que perdeu o fôlego. Os 15 milhões de habitantes de sua área metropolitana vivem em distritos extremamente diversos. A Downtown é profundamente mexicana, bairros periféricos podem ser tão opulentos quanto perigosos, o litoral é repleto de mansões espetaculares e gente bonita, assim como sua colinas verdejantes são um verdadeiro desfile de carros de luxo. Em comum a todos eles, a ilusão do luxo, da imagem e da fama.

Beverly Hills é "o" local para gastar dinheiro, tal a quantidade de lojas de grifes, hotéis de alto padrão e restaurantes repleto de beldades e barões do entretenimento. A sinuosa Sunset Boulevard - que liga a UCLA a Santa Monica, é uma romântica mistura de neons, curvas e belo cenário. As praias de Venice, Huntington e Malibu têm cada qual a sua tribo, que vão das celebridades e suas casas espetaculares a surfistas descolados e patinadores sarados. Em Anaheim está a principal atração turística da região, a Disneylândia, de espírito ainda muito jovem apesar de ter sido fundada em 1955.

Hollywood, sinônimo da indústria do cinema, pode decepcionar àqueles que esperam esbarrar em um George Clooney ou Julia Roberts a cada esquina. A maioria dos estúdios dispersou seus sets para outras áreas, como Valley e Burbank, e muitas produções são filmadas em outros países. Todavia, estão lá o famoso letreiro, o Teatro Chinês e a Calçada da Fama. Para sentir um pouquinho da glória de outros tempos passe na Paramount Studios, o mais antigo ainda em funcionamento na região.

Mas nem só de cinema vive Los Angeles.

Loucos por esportes vão ter uma agenda divesificada com os jogos das ligas profissionais de beisebol, basquete e hóquei no gelo com equipes como os Anaheim Angels e Los Angeles Dodgers (MLB - Major League Baseball), Los Angeles Lakers e Clipper (NBA - National Basketball Association) e Los Angeles Kings e Anaheim Ducks (NHL - National Hockey League). Mas não é só isso. A área metropolitana possui todo tipo de alternativas para quem quer botar o corpo em movimento. Golfe, trekking, mergulho, surfe, skate, mountain bike, esqui e escalada esportiva são alguns dos esportes praticados no mais alto nível, seja profissional ou amador. Curiosidade: Los Angeles é a capital americana do soccer, o nosso futebol, por conta da forte comunidade latina.

COMO CHEGAR

O enorme aeroporto internacional de Los Angeles (LAX) possui diversos terminais, sendo que a maioria dos voos internacionais são operados no Tom Bradly International Terminal. O transfer entre eles é feito através de um ônibus que circular com certa frequência, mas também é possível fazê-lo a pé, em alguns casos.

Do aeroporto ao centro uma das opções é o serviço de ônibus FlyAway que vai até a Union Station (Downtown, por US$ 7) e também para San Fernando Valley, Orange County e West LA.

Para alugar um carro, o aeroporto oferece diversos serviços de rent-a-car.

Outra forma de acesar a cidade é através de trens da Amtrak, que ligam Los Angeles a Chicago, Seattle, Portland, San Francisco e San Diego, entre outras. A principal estação local é a Union Station, em Downtown.

COMO CIRCULAR

A cidade é tão ampla e espalhada que é praticamente impossível de circular por ela sem um carro e um bom navegador. É melhor alugar um, pois andar por aqui pode soar um tanto extravagante.

ONDE COMER

Na hora de comer, você encontrará um pouco de tudo. O mais óbvio é a cozinha mexicana, mas há muitos (e bons) restaurantes de outras etnias, como chineses, japoneses, gregos e italianos.

 

Informações ao viajante
  • Inglês
  • Dólar norte-americano
  • 1800-344-1055, 1800-283-1055 ou 1800-283-1055
  • É necessário.
  • Sem medidas especiais de saúde.
  • SES - Av. das Nações, Quadra 801, Lote 03 70403-900 - Brasília, DF
    (61) 3312-7000
O verão, da metade de junho a agosto, é a época que mais atrai turistas. Se quiser fugir dos preços altos e do excesso de gente, opte por ir de março ao início de maio, na primavera, ou de setembro a novembro, no outono. Se você planeja esquiar, viaje entre dezembro e fevereiro.
Comente