Évora

Cidade

Mapa
Ver no mapa:
|
|
 
PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: Climatempo
  • www.cm-evora.pt, www.evoracity.net
  • 54.000 hab
  • 26
  • +3h (horário de Brasília)

  • Lisboa 134 km, Sintra 155 km, Viana do Castelo 480 km, Barcelos 467 km, Faro 226 km, Albufeira 204 km, Cascais 155 km.

Ver outros destinos em Portugal »

Cada monumento de Évora evoca um período diferente da história. O Templo de Diana remete ao romanos; os edifícios e arcadas da Praça do Giraldo lembram os 450 anos de domínio mouro; e a Igreja de São Francisco ostenta o estilo gótico-manuelino. Não à toa, a cidade foi tombada como Patrimônio Histórico. Ainda que seja comparada a Florença e Sevilha, Évora nunca perdeu a identidade lusitana, evidente no conjunto de casas caiadas e pátios forrados de azulejos. Depois que os árabes foram expulsos dali, no século 12, a monarquia portuguesa tomou conta do pedaço e fez Évora florescer como importante centro de estudos e artes nos séculos 15 e 16. A maior parte das atrações concentra-se dentro das muralhas medievais da Cidade Velha, como a catedral gótica e a Igreja dos Lóios, dedicada a João Evangelista. O labirinto de ruelas pode ser visitado a pé, e guarda vias de nome pitoresco, como a Travessa do Pão Bolorento e a Rua do Imaginário. Mas nenhum templo chama tanto a atenção quanto a Capela dos Ossos, erguida com os esqueletos de 5 mil monges que viveram ali no século 17. No mínimo, sinistro!

COMO CHEGAR

Guiando, a partir de Lisboa, o percurso até  Évora leva pouco mais de uma hora. São 135 quilômetros seguindo as autoestradas A-2 e A-6. Se vier de Porto (370 quilômetros), siga pela A-1 e, em Santarém, pegue o IC-10; depois, perto de Almeirim, saia para a A-13. Em seguida, no nó da Marateca, vire para a A-6 e continue até Évora. Também há ônibus (www.rede-expressos.pt) e trens (www.cp.pt) que partem da estação Santa Apolónia, na capital. De ônibus, a viagem dura três horas (desde € 11). De trem, a passagem custa a partir de € 25.

Informações ao viajante
  • Português
  • Euro
  • www.embaixadadeportugal.org.br
  • Não é necessário.
  • Para entrar em Portugal, nenhuma vacina é obrigatória.
  • SES, Qd. 801, lote 2, Brasília, DF
    61 3032-9600
As estações mais agradáveis em Portugal são a primavera (especialmente os meses de abril e maio) e o finalzinho do verão (setembro). Em agosto tudo fica mais caro e concorrido, porque é época de férias na Europa. Sem contar que a parte central do Alentejo costuma apresentar temperaturas cima dos 40ºC.