Caracas

Cidade

Mapa
Ver no mapa:
|
|
 
PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: Climatempo
  • 4.200.000 hab
  • 212
  • -1h30 (horário de Brasília)

  • Maracaibo 708 km

Ver outros destinos em Venezuela »

É impossível conhecer Caracas e não perceber a forte influência de Hugo Chávez. Ao lado de Simón Bolívar, símbolo da luta pela libertação da América Latina, seu nome e sua imagem estão estampados por toda a capital venezuelana.

Uma boa forma de conhecer Caracas é por meio do teleférico Warairarepano, considerado a principal atração turística da cidade. Após uma subida de aproximadamente 20 minutos e 3,5 quilômetros, os viajantes chegam à montanha Ávila, que abriga um parque nacional e oferece algumas lojas de artesanato e comidas típicas para os visitantes. Não esqueça de se preparar: a queda de temperatura a 1100 metros de altitude é significativa. O destaque do passeio, porém, é a incrível vista de Caracas. A cidade, que é delimitada pela costa litorânea e pela própria montanha Ávila, pode ser vista em integralmente dali, e a visão reflete um bom retrato da variada paisagem venezuelana.

Caracas também se caracteriza por uma grande quantidade de praças e parques, alguns deles com interessantes museus. O Parque del Leste é um dos mais populares da capital venezuelana, oferecendo uma bela visão de Ávila, além de animais e lagos onde é possível praticar remo. Outro ponto bastante visitado é a Plaza Bolívar. Situada no centro da cidade, a praça foi palco de diversos episódios importantes da história venezuelana e é onde estão concentrados os mais importantes edifícios políticos e culturais do país, como a Catedral de Caracas, o Museu Sacro e o Palácio Municipal.

Apesar de interessante, a capital venezuelana sofre com problemas de segurança, infra-estrutura e trânsito. Como o preço da gasolina por aqui é baixíssimo, manter um carro não é muito caro e o excesso de veículos provoca engarrafamentos homéricos e uma crescente poluição atmosférica.

Informações ao viajante
  • Espanhol
  • Bolívar Fuerte
  • Não é necessário
  • Nenhuma vacina obrigatória, mas é recomendada a proteção para hepatite A, tétano, difteria e febre-amarela, esta última principalmente para aqueles que visitarão áreas florestais.
  • SES Av. das Nacoes Quadra 803, Lote 13 - Brasilia (DF)
    (61) 2101 1011
De dezembro a abril, a estação da seca.