Olympe

Restaurante

O lugar

Uma reforma recente revestiu de tijolinhos a fachada do imóvel de esquina (aberto apenas a clientes com reserva). No salão elegante, a iluminação bemprojetada compõe o ambiente com cadeiras estofadas de couro preto ou revestidas de tecido amarelo.

A proposta

O cardápio se divide em duas seções. “A Criação” propõe uma sequência de quatro pratos (e uma sobremesa), a partir de 12 receitas à escolha, de pegada bem contemporânea. “A Tradição” lista pratos célebres da casa, numa linha mais próxima da clássica cozinha francesa.

A receita

Terrine de foie gras e pupunha, com rapadura e sal negro do Havaí (entrada, servida com dose de cachaça); e codorna recheada com farofa de cebola e passas (prato).

O chef

No Brasil desde 1979, Claude Troisgros se divide como restaurateur e apresentador de TV (do programa Que Marravilha!, do GNT). Ele é dono ainda do CT Boucherie, CT Brasserie e CT Trattorie (abaixo). Seu filho, Thomas Troisgros, comanda o Olympe no dia-a-dia.

Saiba mais

As receitas de “A Tradição” assinaladas com um xis também podem ser incluídas na sequência do menu “A Criação”. Há ainda degustação vegetariana e um menuconfiança, elaborado com ingredientes disponíveis no dia.

O restaurante Olympe está na lista dos 50 melhores restaurantes do Brasil em 2015, elaborada pelo GUIA QUATRO RODAS; veja os outros

Especial 50 anos do GUIA QUATRO RODAS

Comente