Roberta Sudbrack

Restaurante

O lugar: A uma quadra da Lagoa Rodrigo de Freitas, ocupa um agradável sobrado com jardim de inverno e varanda. Há mesas para casal no térreo e um balcão, ideal para quem vai sozinho. No andar de cima, uma única mesa com 18 lugares tem vista para a cozinha envidraçada.

A proposta: A casa só trabalha com menu-degustação, que muda diariamente (às terças, o preço é menor) e prima pelo sabor essencial de cada elemento, sem invencionices. A chef privilegia os ingredientes mais frescos do dia e gosta de reabilitar alimentos brasileiros marginalizados pela alta gastronomia, dedicando a cada ano atenção a alguma matéria-prima, como maxixe, chuchu e cará. Em 2013, foi a vez da fruta-pão.

As receitas: Quiabo defumado em camarão semicozido (entrada); e carne de sol na brasa com couve-flor chamuscada e chá de jaca fermentada (prato), opções que podem surgir no menu-degustação.

A chef: A gaúcha Roberta Sudbrack foi a primeira mulher a ocupar a função de chef do Palácio da Alvorada, durante os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso. Em 2012, ela esteve à frente da equipe de cozinha da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres.

Saiba mais: Em 2014, Roberta lançou o livro Sou do Camarão Ensopadinho com Chuchu (Edições Tapioca). Misto de caderno de receitas e livro de arte, traz fotos de pratos servidos no restaurante – muitos deles clicados pela própria chef antes de saírem da cozinha.

O restaurante está na lista dos 50 melhores restaurantes do Brasil em 2015, elaborada pelo GUIA QUATRO RODAS; veja os outros

Especial GUIA QUATRO RODAS completa 50 anos

Comente