Inspirando as pessoas a cuidar do planeta desde 1888 | Saiba mais »

MEIO AMBIENTE 29/11/2011

Aquecimento global vai transformar chocolate em artigo de luxo

Pesquisa alerta que se a temperatura continuar a subir, o cultivo de cacau será seriamente prejudicado no oeste do continente africano

por Kátia Arima

Getty Images

Chocolate

Getty Images

Imagine se você não pudesse mais comprar facilmente uma barra de chocolate. Se qualquer iguaria feita de cacau fosse um privilégio dos ricos. Pois saiba que as mudanças climáticas são uma ameaça a essas guloseimas tão apreciadas pela humanidade.

Um estudo da Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT, na sigla em espanhol), na Colômbia, concluiu que um aumento de 2,3 graus Celsius irá, até 2050, prejudicar seriamente o cultivo de cacau em áreas produtivas em Gana e na Costa do Marfim, no oeste do continente africano. Cerca de dois terços do cacau utilizado na produção de chocolate vêm desta região.

A pesquisa, encomendada pela Fundação Bill & Melinda Gates, estudou 19 modelos climáticos para analisar o impacto das mudanças climáticas na produção de cacau na região.O estudo prevê que o aumento da temperatura na Terra irá deslocar a produção de cacau para regiões de maiores altitudes, onde é mais frio. Atualmente, os produtores já têm protegido os cacaueiros na sombra de outras árvores mais altas.

O pesquisador Peter Laderach, autor do relatório do estudo, afirma que já existe uma demanda crescente por chocolate, particularmente na China. Segundo ele, o preço do cacau já está subindo, o que deve piorar com as mudanças climáticas.

Segundo a Organização para a Cooperação Econômica e Desenvolvimento (OECD), a previsão é de uma elevação de 3 a 6 graus Celsius na temperatura até o fim do século se os governos não reduzirem a emissão de gases causadores do efeito estufa.