Notícias 24/04/2012

Banco Central aponta queda nos gastos de brasileiros no exterior

Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, um dos fatores que influenciaram a redução é a oscilação do câmbio

por Kelly Oliveira/ Agência Brasil

Thinkstock

Compras no exterior

<p> Thinkstock</p>

Brasileiros estão gastando menos em viagens internacionais, aponta Banco Central

Os gastos de brasileiros em viagens internacionais chegaram a US$ 1,627 bilhão em março deste ano, segundo dados divulgados nesta terça-feira (24) pelo Banco Central (BC). Esse foi o segundo mês seguido em que houve redução dos gastos. Em fevereiro, essas despesas ficaram em US$ 1,746 bilhão e em janeiro, em US$ 1,996 bilhão.

O resultado do mês passado também foimenor do que o registrado em março de 2011, quando estavam em US$ 1,645 bilhão.

Os dados preliminares de abril confirmam a tendência e indicam nova redução de gastos de brasileiros no exterior. Até o último dia 20, essas despesas ficaram em US$ 1,249 bilhão. Em abril do ano passado totalizaram US$ 1,957 bilhão.

De janeiro a março, os gastos dos brasileiros chegaram a US$ 5,381 bilhões, ante US$ 4,752 bilhões observados em igual período de 2011. O resultado do primeiro trimestre foi recorde para o período, porém, abaixo da marca de US$ 5,926 bilhões, registrada no terceiro trimestre do ano passado.

O chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, lembrou que as viagens de brasileiros ao exterior são bastante “sensíveis” ao câmbio. Nesse período do ano passado, o dólar estava mais baixo. Outro fator que influenciou a redução dos gastos de brasileiros exterior em março foi a mudança no período do Carnaval, que neste ano foi em fevereiro. Em 2011, foi em março.

Em comparação, as receitas de estrangeiros em viagens no Brasil chegaram a US$ 630 milhões em março, contra US$ 609 milhões registrados no mesmo mês do ano passado. De janeiro até março, essas receitas totalizaram US$ 1,92 bilhão, ante US$ 1,748 bilhão registrado nos três primeiros meses de 2011.

Com os gastos de brasileiros e as receitas de estrangeiros, a conta de viagens fechou o mês passado com déficit de US$ 997 milhões. No primeiro trimestre do ano, o resultado negativo ficou em US$ 3,461 bilhões.

Com relação a abril, as receitas de estrangeiros em viagem no Brasil estão em US$ 404 milhões, até o dia 20. No mesmo mês do ano passado, essas receitas ficaram em US$ 527 milhões. Os dados preliminares da conta de viagens mostram, portanto, déficit de US$ 845 milhões neste mês, até o dia 20.

LEIA MAIS:

Manual do Viajante – Limite de compras no exterior

Especial – Compras em Nova York, Miami e Orlando