eventos 10/05/2012

Em BH, mostra de Botero denuncia violência

Pela primeira vez na capital mineira, “Dores da Colômbia” segue até 2 de junho

por Marcela Puccia Braz

As 67 obras do pintor colombiano Fernando Botero doadas ao Museu Nacional da Colômbia (entre 2004 e 2005) estão agora expostas até 2 de junho no Museu de Artes e Ofícios, em Belo Horizonte. A coleção denuncia os abusos sofridos pelo povo em decorrência da ação de grupos políticos, guerrilheiros e paramilitares na Colômbia.

Seis aquarelas, 36 desenhos e 25 pinturas, que já percorreram cidades europeias e latino-americanas, expõem o conflito que resultou no exílio de 1,5 milhão de colombianos nas últimas décadas. E que é, ao mesmo tempo, um movimento social que busca a justiça no país.

Dores da Colômbia” vincula, com pinceladas de cores vibrantes, arte à política e se integra ao programa de exposições itinerantes do museu em Bogotá. O objetivo é o de conscientizar os visitantes e evitar com que guerras e a violação dos direitos humanos se repitam.

A exibição abriu em Brasília, em março de 2011, e já passou por São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Após a temporada na capital mineira, segue para Salvador e Recife.

Dores da Colômbia

Quando: até 2 de junho; terça e sexta das 12 às 19h; quarta e quinta das 12 às 21h; sábados, domingos e feriados das 11 às 17h

Onde: Museu de Artes e Ofícios – Praça Rui Barbosa s/n (Praça da Estação – Centro), Belo Horizonte

Quanto: grátis

Mais informações: 31/3248-8600, www.mao.org.br

LEIA MAIS:

Eventos viajeaqui – Os principais shows, festivais, festas regionais, maratonas e campeonatos esportivos no Brasil e no mundo

Os Melhores Museus de Arte da Europa

Fotos de museus de chocolate pelo mundo