Edição 182/ Dezembro de 2010 15/09/2011

Pergunte à Cris - VT 182

Réveillon na Chapada dos Veadeiros, cruzeiro no Caribe, viagens para um recém-divorciado e mais

por Fabrício Brasiliense (edição)

Vou passar o Réveillon na Chapada dos Veadeiros, em Goiás. Pelo que pesquisei, o lugar engloba várias cidades e tem muitos atrativos. Alguma dica de roteiro e pousadas? - Priscilla Marques Rodrigues, São Carlos, SP

São três as localidades que englobam a Chapada, Priscilla. A maior delas, Alto Paraíso de Goiás, tem uma aura mística que ganhou o mundo e atrai astrólogos, tarólogos e seguidores do mestre indiano Osho. É a mais perto de Brasília (a 230 quilômetros) e também a menos charmosa do trio. No entanto, a vibe esotérica e as cachoeiras das proximidades são imperdíveis. Já a Vila de São Jorge, 36 quilômetros ao sul de Alto Paraíso, é onde ficam as melhores pousadas, como a Baguá (Rua 1, quadra 16, 62/3455-1046, www.baguapousada.com.br; diárias desde R$ 388), que tem bangalôs com hidro; na Casa das Flores (62/3455-1055, www.pousadacasadasflores.com.br, diárias desde 317), o café da manhã é servido na varanda do quarto. O Vale da Lua, formado por rochas cinzentas e piscinas naturais, não pode faltar em seu roteiro nem os saltos 1 e 2 do Rio Preto, que ficam dentro da área do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Cavalcante, 82 quilômetros a oeste de Alto Paraíso, é a mais low profile das três. Ali, refresque-se na Cachoeira do Prata.

Há dez anos viajo para esquiar com meus dois filhos. Vamos sempre aos mesmos lugares: Courchevelle, na França, Villars-sur-Ollon, na Suíça, e Vail, nos Estados Unidos. Você poderia sugerir outra estação com bons restaurantes? - Luiz Aguiar, Petrópolis, RJ

E por que não Aspen, Luiz? A famosa estação no Colorado tem montanhas divididas em grupos: a Snowmass é ideal para crianças pequenas, a Aspen Mountain tem as paisagens mais bonitas e a Highlands satisfaz esquiadores experientes como vocês. Para o après-ski (após o fechamento das pistas), há piscinas ao ar livre, um vilarejo com lojas de grife e ótimos restaurantes. O Takah Sushi (320 South Mill Street, 1-970/925-8588) há mais de 20 anos é referência em comida japonesa em Aspen; o Lu Lu Wilson (316 East Hopkins Avenue, 1-970/920-1893) ocupa um chalé vitoriano e tem ambiente supertransado; no L’Hostaria (620 East Hyman Avenue, 1-970/925-9022), as massas frescas são preparadas diariamente; e, no Cache Cache (205 South Mill Street, 1-970/925-3835), o cardápio é francês, e a carta de vinhos, variada.

Quero fazer um cruzeiro pelo Caribe em fevereiro, partindo da Flórida, com minha esposa e nossa filha de 4 meses. Não sei se vou para as ilhas do leste ou do oeste. - Francisco Netto, Vitória, ES

No oeste do Caribe há mais programas além-praia. No México é possível conhecer sítios arqueológicos maias em Costa Maya; na Jamaica, dá para fazer passeio de jangada floresta adentro por um rio cristalino. Nas ilhas a leste, onde fica o Caribe americano, há muitos resortões e, no geral, as coisas funcionam melhor. Em St. Martin/St. Maarten você pode aproveitar uma ilha com duas colonizações distintas, a francesa e a holandesa, e também dar um pulo na chique e exclusiva St. Barth. Mais ao sul, as chiquitas Martinica e Guadalupe combinam relevo montanhoso, vegetação abundante e cultura creole. Os navios que navegam pelo Caribe são atrações à parte. O gigantão Oasis of the Seas, da armadora Royal Caribbean (4949-3100, www.royalcaribbean.com.br), e o Epic, da NCL (11/3253-7203, www.firstar.tur.br) têm toda mordomia e intercalam roteiros de sete dias pelo leste e oeste caribenho. O Oasis parte de Fort Lauderdale; o Epic, de Miami. A operadora Nascimento (11/3156-9900, www.nascimento.com.br) tem mais opções de cruzeiro para lá.

Tenho 42 anos, me separei há um ano, adoro viajar, mas não tenho companhia. Gosto pouco de balada, curto alugar carro e conhecer lugares com boa infraestrutura. Para onde devo ir? - Lamartine Salgado Ribeiro, Belo Horizonte, MG

Para início de conversa, Lamartine, sugiro que você leia o livro Beber, Jogar, F@#er (editora Planeta), no qual o autor, Andrew Gottlieb, narra a viagem desopilante que fez por Irlanda, Las Vegas e Tailândia, após divorciar- se. Aqui no Brasil, aponte para capitais como Rio e São Paulo, sempre com programas bacanas e gente interessante. Florianópolis é animada no verão, principalmente nas areias de Jurerê. Em Balneário Camboriú, a 82 quilômetros de Floripa, na bochichada Avenida Atlântica, há bares com mesas na calçada, como o Chaplin (47/3367-0250) e a Cachaçaria Uai (47/3367-4978), perfeitos para um fim de tarde. Sozinho você não vai ficar.