ONDE FICAR 25/04/2012

São Paulo, Rio, BH e Salvador concentram 40,6% dos hotéis no Brasil

Pesquisa realizada pelo IBGE aponta que as quatro regiões metropolitanas concentram os estabelecimentos hoteleiros do País

por Tânia Vinhas

Thinkstock

Vista panorâmica da cidade de São Paulo

<p> Thinkstock</p>

A região metropolitana de São Paulo representa 17,7% do total de hotéis do Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou hoje (25) um estudo em parceria com o Ministério do Turismo que teve como objetivo identificar tipos e categorias de estabelecimentos do segmento hoteleiro em 2011. Uma das conclusõesfoi que apenas quatro regiões metropolitanas concentram quase 45% da capacidade hoteleira do país.

Em números exatos, as regiões de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador representam 44,2% da capacidade total de hóspedes, assim como 40,6% do total de estabelecimentos e 46,3% das unidades habitacionais (apartamento de uma construção com fins hoteleiros).

A região metropolitana de São Paulo está no topo da lista: registrou um total de 1.323 estabelecimentos (17,7%), 68.858 unidades habitacionais (21,0%) e capacidade de 146.381 hóspedes (19,7%). Rio de Janeiro vem em seguida, com 609 estabelecimentos (8,1%), 38.565 unidades habitacionais (11,8%) e capacidade de 83.130 hóspedes (11,2%).

Outro dado importante é que quase 75% da capacidade total de hóspedes das regiões metropolitanas e regiões integradas de desenvolvimento (como a do Distrito Federal) se concentram nos municípios das próprias capitais. Por exemplo: dos 1.323 estabelecimentos da região de São Paulo, 972 estão na capital de fato (73,5%). Isso aconteceu principalmente em Fortaleza (CE), que até o fim de 2011 detinha 76,5% dos estabelecimentos (280), 85,2% das unidades habitacionais (12.188) e 82,4% da capacidade total de hóspedes (28.987) da sua região.

Por outro lado, Recife aparece por último, com a menor concentração em comparação às demais capitais – detém 43,3% dos estabelecimentos (161), 48,4% das unidades habitacionais (7.216) e 45,6% da capacidade total de hóspedes (15.244). A capital pernambucana é seguida por Belo Horizonte e Porto Alegre.

O resultado completo da pesquisa está disponível no site do IBGE.

LEIA MAIS:

Destino - São Paulo

48 Horas em São Paulo

Destino - Rio de Janeiro

48 Horas no Rio de Janeiro

Destino - Belo Horizonte

Roteiro rodoviário – Arredores de Belo Horizonte

Destino - Salvador

Destino - Distrito Federal

Destino - Fortaleza

Fortaleza, destino de desejo

Destino - Recife

48 horas em Recife e Olinda

Destino - Porto Alegre