Edição 175/ Maio de 2010 12/09/2011

Dois continentes a sua escolha - o essencial

Istambul, Capadócia e Safranbolu: como chegar, quem leva, documentos, quando ir, dinheiro e transporte

por Rachel Verano

Como chegar

A Turkish Airlines (11/3371-9600, www.flyturkish.com.br) tem voos diretos para Istambul desde US$ 1 149. Via Paris, as passagens da Air France (4003-9955 e 0800-8889955, www.airfrance.com.br) custam desde US$ 1 306. Com conexão em Dubai, a tarifa da Emirates (11/5503-5000, www.emirates.com/br) sai desde US$ 1 710.

Quem leva

A New Age (11/3138-4888 e 0800-170677, www.newage.tur.br) tem roteiro de seis noites, sendo quatro em Istambul e duas na Capadócia, em Urgup, desde US$ 1 912 - inclui também dois jantares e passeio de barco pelo Bósforo. A Designer Tours (11/2181- 2900, www.designertours.com.br) tem um pacote semelhante, mas com hotéis melhores, desde € 1 500. A Bon Voyage (21/2532-7145, www.bonvoyage.com.br) tem roteiros de oito noites, passando também por Esmirna e Pamukkale, com nove refeições durante a viagem, desde US$ 1 916. O roteiro de dez noites da Raidho (11/3383-1200, www.raidho.com.br), incluindo sete almoços e seis jantares, passa por Istambul, Capadócia e outras seis cidades. Sai desde US$ 1 929. Consulte também seu agente de viagens.

Documentos

Para entrar no país, basta o passaporte válido por no mínimo seis meses a partir do início da viagem. A carteira nacional de habilitação emitida no Brasil é aceita na hora de alugar um carro.

Quando ir

A época ideal para visitar a Turquia é durante a primavera (abr./jun.) e o outono (set./nov.). Julho e agosto são os meses mais quentes e úmidos. O inverno é rigoroso, e muitos hotéis fecham de meados de outubro até o fim de março.

Dinheiro

A moeda local é a nova lira turca (YTL). Em abril de 2010, YTL 1 valia R$ 1,18. Para o dinheiro de bolso, leve dólares, euros e faça o câmbio nos bancos locais. Em Safranbolu e na Capadócia, nem todos os lugares aceitam cartão; leve dinheiro

Transporte

A maneira mais rápida para ir de Istambul à Capadócia é de avião. Há dois aeroportos na região: o de Nevsehir e o de Kayseri. Em abril, a tarifa mais barata pela Turkish Airlines (www.flyturkish.com.br) era de € 98. Há também duas companhias low-cost a considerar: a Onur Air (www.onurair.com.tr) e a Pegasus Airlines (www.flypgs.com), onde o preço do bilhete pode cair pela metade. Outra opção é ir de ônibus. A viagem é geralmente feita à noite e dura cerca de 12h. A maior base é Nevsehir, mas é possível comprar bilhetes para Urgup ou Goreme. Duas empresas que fazem o trecho são a Metro Turizm (www.metroturizm.com.tr) e a Nevsehir Seyahat (www.nevsehirlilerseyahat.com.tr). Safranbolu fica mais perto, a cerca de 400 km de Istambul. Se não quiser dirigir, a viagem de ônibus dura 7h e sai por cerca de € 7,50. Uma das melhores empresas é a Ulusoy (www.ulusoy.com.tr). As estradas que levam à Capadócia e a Safranbolu são verdadeiros tapetes; por isso vale alugar um carro. O site www.autoeurope.com concentra barganhas de várias locadoras. Para abril, uma diária saía desde US$ 45; na agência Argeus (www.turquiaviagens.com), desde US$ 60.

É bom lembrar

A Turquia é um país tolerante quanto ao consumo de bebidas alcóolicas em bares e restaurantes. A Capadócia, inclusive, fabrica o próprio vinho (Urgup é uma cidade famosa por isso). Beber em excesso é malvisto. Assim como usar roupas curtas, decotes e trocar carinho em público. Em alguns lugares pode ser preciso cobrir os ombros e, no caso das mulheres, a cabeça com um véu (como na visita à Mesquita Azul). É sempre bom andar com uma echarpe na bolsa.