Inspirando as pessoas a cuidar do planeta desde 1888 | Saiba mais »

Curiosidade animal

t

Café é feito com fezes do Jacu, ave semelhante à galinha

por Fábio Paschoal em 13 de abril de 2012

Jacu (Penelope sp) – Foto de Eurico Zimbres/ Wikimedia Commons

jacu (Penelope sp.) é o principal responsável pela produção do jacu bird coffee (café do jacu), considerado um dos melhores cafés do Brasil. A ave, semelhante à galinha, era um problema para a Fazenda Camocim, localizada na região da Pedra Azul (Espírito Santo), próxima a uma mancha de Mata Atlântica. Os jacus, invadiam a plantação para se alimentar dos melhores frutos do cafezal. O transtorno era tão grande que os proprietários pediram autorização do governo para controlar a população dos animais.

Foi então que os fazendeiros ouviram a história do kopi luwak, o café mais caro do mundo, produzido na Indonésia a partir dos grãos colhidos das fezes da civeta (Paradoxurus hermaphroditus), uma espécie de carnívoro.

Civeta (Paradoxurus hermaphroditus) – Foto de Tigrou Meow/ Wikimedia Commons

O segredo está na “etapa especial” de fermentação das sementes, que acontece dentro do sistema digestivo do animal. Esse processo transforma as propriedades do café e lhe confere um sabor único. Mas a coleta das sementes é complicada: é preciso pegar as fezes do bichinho e lavar os grãos antes de torrá-los.

Pode parecer pé de moleque, mas são as fezes do jacu – Foto de divulgação

A partir daí surgiu a ideia de fabricar o jacu bird coffee, que se tornou reconhecido internacionalmente. A produção é direcionada para a exportação, porém o café do jacu pode ser encontrado em algumas lojas do Brasil.

Os amantes do café podem experimentar essa excentricidade em Santos, no Museu do Café. Se gostar da iguaria, prepare o seu bolso: 250 gramas de jacu bird coffee podem custar mais de R$ 100!

Jacu Bird Coffee, produzido na Fazenda Camocim - Foto de divulgação

Jacu Bird Coffee, produzido na Fazenda Camocim – Foto de divulgação

Comentários (46)
Deixe seu comentário
Nome
E-mail
Comentário (Seu comentário mínimo 5 caracteres )

  • Por: leo caqui
  • -
  • 15 de abril de 2012 às 19:37

Gostei dessa curiosidade, Pascoal. Se não fosse caríssimo assim, até experimentaria 😉

  • Por: Paulo medeiros
  • -
  • 17 de abril de 2012 às 19:36

Esse café brasileiro é famoso, já apareceu até em um filme de hollywode, tenho vontade de provar essa iguaria!..

  • Por: julia
  • -
  • 16 de julho de 2012 às 13:31

eles comem carne ?

    • Por: Fábio Paschoal
    • -
    • 20 de julho de 2012 às 7:51

    Oi Julia,

    Os jacus se alimentam basicamente de frutos, mas sementes e insetos também fazem parte do cardápio.

    Um abraço

  • Por: wallace
  • -
  • 15 de setembro de 2012 às 21:34

to morrendo de vontade de provar dessa cafezinho!
é caro pra burro,mas se um dia eu tiver essa oportunidade
eu vou comprar só pra provar ,sou viciado em café.
espero que quando surgir essa oportunidade de provar dessa essa
iguaria que eu não goste!porque se não eu to na roça

  • Por: antonio carlos
  • -
  • 5 de fevereiro de 2013 às 10:37

aqui onde eu trabalho tem jacu e nunca ve as fezes deles

  • Por: ataner zorzo
  • -
  • 12 de março de 2013 às 22:33

Essa reportagem e o máximo tem como passar mais,gostei muito.

  • Por: Fernando Luiz Babel
  • -
  • 18 de junho de 2013 às 21:47

Acredito que o título “Café é feito com fezes do Jacu” não está totalmente adequado. Afinal
a partir dos grãos que a ave ingere e expele pelas fezes são extraídos os grãos que então serão limpos e torrados. Mesmo assim o processo é bastante interessante.

    • Por: Fábio Paschoal
    • -
    • 13 de abril de 2015 às 16:54

    Oi Fernando,
    A matéria prima coletada para fazer o café são as fezes do Jacu. Ela passará por um processo até que chegar no produto final.

    Abrço

  • Por: claudio Andreis
  • -
  • 6 de julho de 2013 às 22:32

se o café fica nas fezes do jacu ,ele não é contaminado.como fica os orgons que controla a pureza dos alimentos.

    • Por: adminngbrasil
    • -
    • 11 de julho de 2013 às 9:05

    Oi Claudio,

    O café é lavado para que fique livre de impurezas. Só depois pode ser torrado.

    Abraço

  • Por: Marco Antonio
  • -
  • 15 de julho de 2013 às 17:49

Muito boa essa postagem, esse café é realmente muito bom mesmo.

  • Por: rute
  • -
  • 3 de novembro de 2013 às 12:16

sinceramente… fiquei com estomago na boca só de ver essa imitação barata de pé de moleque….

  • Por: Juliane R M
  • -
  • 5 de novembro de 2013 às 22:44

nem gosto de café mesmo

  • Por: maria ordalia
  • -
  • 19 de novembro de 2013 às 19:48

gosto muito de café,mas se não fosse tão caro experimentaria com certeza

  • Por: cleber e gabi valença Rj
  • -
  • 23 de dezembro de 2013 às 8:31

O nome do produto deveria ser CAFéZES, kkkkkk.

  • Por: Dani
  • -
  • 30 de dezembro de 2013 às 20:14

Olá pessoal! Tive o prazer de provar este café no Museu do café em Santos e realmente é delicioso. Não é tão amargo como os cafés comuns! Todos deveriam ter a chance de provar! Abraços!

  • Por: jair
  • -
  • 11 de janeiro de 2014 às 11:47

Ola Amigos, sendo saboroso mais vale um gosto de que um vintem no bolso.Onde pode si encontrar essa iguaria em sao paulo. ASS : D`PAWLLA

  • Por: Maria Lucy V. Santana
  • -
  • 2 de março de 2014 às 12:20

adoraria experimentar, mas o preço…

  • Por: gelson moreira prestes
  • -
  • 30 de março de 2014 às 15:37

entao terei chance de ficar milionario porq a onde passo que tem pes de cafe minha esposa adora passar chupando as frutinhas vermelhas ,pois se é assim vou começar a coletar a bosta dela e lavar torrar e vender , serei milionario daqui uns tempos , obrigado pelas ideia

  • Por: Antonio Silva
  • -
  • 14 de abril de 2014 às 20:18

Interessante, espero que nunca tentem tirar a liberdade desse animal para obterem lucro.

  • Por: JOSÉ APARECIDO BISCO
  • -
  • 15 de abril de 2014 às 9:13

vc esqueceram do café tbem fermentado através das fezes do elefante.ok

  • Por: Filho Manfredini
  • -
  • 15 de abril de 2014 às 11:54

Que maravilha!

  • Por: gragaby
  • -
  • 10 de maio de 2014 às 13:37

O jacu, eh feio imagina o cafe, cheiro d bosta, gosto de bosta eh uma bosta.

  • Por: gragaby
  • -
  • 10 de maio de 2014 às 13:43

Tipo…o jacu voa pelas patas e…..ah pra mim jacu e pato de rabo

  • Por: Giselle
  • -
  • 15 de maio de 2014 às 11:24

“Pode parecer pé de moleque, mas são as fezes do jacu” Obrigada por destruir as boas memórias que eu tinha de pé de moleque :(

  • Por: walter
  • -
  • 17 de maio de 2014 às 13:57

Esse é caro!

  • Por: Marcos
  • -
  • 7 de julho de 2014 às 19:09

Jacu

  • Por: thiago oliveira
  • -
  • 15 de setembro de 2014 às 22:07

Bastante interessante, hj o na aula de Logistica foi comentado e resolvir da uma pesquisada rs, show de bola.

  • Por: Rômulo
  • -
  • 7 de outubro de 2014 às 16:50

realmente esse café é muito bom….

  • Por: Deus Carmo
  • -
  • 22 de dezembro de 2014 às 1:18

Também na Bahia em Cocos existe a produção de café a partir colheita grãos das fezes do jacu. Lá se produz um café para exportação.

  • Por: Agostinho Pinto dos Santos
  • -
  • 27 de março de 2015 às 19:56

passei por Venda Nova do Imigrante ES em março de 2015 e experimentei o café do Jacú num lugar chamado CAFÉ DA ROÇA bem ao lado da BR 262 p aguei $10,00 pela minuscula xícara para o seu preparo o dono do CAFÉ NA ROÇA tem todo um ritual fica muito gostoso mas não foge muito ao sabor do café tradicional,vale a pena experimentar só pela curiosidade e não pelo preço.

  • Por: Thiago Serafim
  • -
  • 12 de abril de 2015 às 11:09

Estive em Venda Nova do Imigrante nesta semana e provei o café. Posso garantir que é maravilhoso. O preço eu considero um tanto quanto abusivo, mas o sabor é excepcional. Recomendo.

  • Por: Remo Sousa
  • -
  • 14 de abril de 2015 às 13:11

Eu, que já como algo que sai da cloaca da galinha (bem fervido), nem me preocuparia em experimentar esse café.

  • Por: Onédio Alves Do Nascimento
  • -
  • 14 de abril de 2015 às 13:15

Apesar da excentricidade e valor muito alto, eu até que provaria esse café pois tenho uma afeição pelo delicioso sabor desses grãos maravilhosos

  • Por: Tony
  • -
  • 14 de abril de 2015 às 13:30

Êta, gente que gosta de comer bosta!

  • Por: JOSE M GAIÃO
  • -
  • 14 de abril de 2015 às 13:48

EVOLUÇÃO É SEMPRE ELEVAR-SE FÍSICA-MORAL-ESPIRITUALMENTE; MAS BEBER CHÁ DE BOSTA? TÔ FÓRA!!!

  • Por: Antônio Farias de Oliveira
  • -
  • 14 de abril de 2015 às 19:17

Gostei da ideia inteligente dos produtores de café, alem de agregar valor ao produto preserva esta espécie tão importante na fauna brasileira e que corre risco de um dia ser extinta devido o seu grande porte e a diminuição de seus habitat. Essas ideia inteligente deve ser pensada para salvar outras espécies entes de optar por um controle artificial de população, pois muitas pode ser um atrativo para o turismo rural, produzirem substâncias para melhorar a vida das pessoas; por exemplo as toxina das aranhas está sendo pesquisada nas dores agudas e cronicas de pacientes substituindo a morfina(que pode deixar a pessoa dependente), das cobras já temos um vaso dilatador que controla a pressão arterial ( produzido com a base da cadeia molecular da toxina da jararaca). Há muito o que ser pesquisado de animais e plantas que devem serem mantidas para um futuro próximo ou distante salvar vidas.

Antônio Oliveira
Biólogo

  • Por: nelson n reis
  • -
  • 14 de abril de 2015 às 21:36

As sementes do café apenas transitam pelo sistema digestivo da ave onde são fermentadas e saem intactas junto com com os excrementos . Nada obstante, a ignorância é a pior de todas as doenças.

  • Por: Diego
  • -
  • 15 de abril de 2015 às 1:14

Moral da história , Brasileiro continua pagando caro por qualquer cagada!

  • Por: Geraldo Hermes Bertelli
  • -
  • 16 de abril de 2015 às 21:46

Estou querendo provar dessa cagada boa.

  • Por: ELIANA AP, NASCIMBÉM PEDRINI
  • -
  • 22 de abril de 2015 às 19:01

Achei muito interessante e até vou comentar no face para que mais pessoas fiquem sa

bendo disso , quem sabe alguém descubra um meio de sobreviver .

parabéns !!!!

  • Por: Ischivi
  • -
  • 19 de junho de 2015 às 1:03

Putz, não acredito os comentários aqui. $100 reais pra experimentar café feito no cocô de galinha. Eu hein…Há tanta gente que não tem pão pra comer e aqui vocês querem pagar $100 reais pra beber café de cocô de galinha….

  • Por: João Bolinha
  • -
  • 7 de julho de 2015 às 16:09

Mais uma forma de explorar um animal. Já até imagino um monte de Jacú presos por toda uma vida em uma gaiola, sendo alimentados à força com café para que um bando de humanos IDIOTAS possam comer seu cocô. Até onde vai a crueldade e a idiotice humana? Na reportagem mostram o Jacú feliz andando no pasto. É assim também com as vaquinhas felizes nas caixinhas de leite, os porquinhos felizes nas embalagens de carne… e assim vamos sendo enganados enquanto animais são torturados para obtenção de lucros. Acorda gente! Ninguém precisa de cocô de jacú para viver. A vida e a liberdade destes animais não valem uma xícara de café.

  • Por: Francisco Pereira Sobrinho
  • -
  • 26 de julho de 2015 às 23:55

Já tinha ouvido falar sobre o Jacu Bird Coffee.