Inspirando as pessoas a cuidar do planeta desde 1888 | Saiba mais »

Curiosidade animal

t

Amazônia: uma floresta de superlativos

por Fábio Paschoal em 5 de setembro de 2012

Nascer do sol na Amazônia – Foto: Fábio Paschoal

A Amazônia foi minha casa durante um ano. Morava em um hotel, no meio da floresta, isolado da civilização. A única maneira de chegar era de barco e os celulares não funcionavam nem por bem, nem por mal. A internet existia, mas era tão lenta que demorava mais de meia hora para checar um simples email. Meu trabalho era guiar grupos interessados em história natural e fazer passeios para a observação de animais selvagens. Acabei desenvolvendo uma relação especial com a floresta e me sentia em casa quando andava pela mata. Hoje, 5 de setembro , no Dia da Amazônia, gostaria de fazer uma homenagem compartilhando um pouco da minha experiência vivida nesse lugar maravilhoso. Para isso recorri ao meu diário, que fazia ao final de todas as noites, e selecionei o texto que escrevi no meu último dia por lá:

“Essa parte da minha vida se chama Amazônia, e envolve abrir mão de coisas importantes como família e amigos. Mas também inclui olhar pra mim e descobrir o que eu quero, aprender coisas novas a todo o momento, acordar sem saber como vai ser o dia, mas saber que o dia vai ser fantástico e, de quebra, conhecer um dos lugares mais extraordinários do planeta.

A Amazônia é uma terra de superlativos: É a maior floresta tropical do mundo, com mais de 40.000 espécies de plantas. Em nenhum lugar na Terra se encontram tantas aves, peixes de água doce ou borboletas diferentes. Esta é a casa de uma em cada dez espécies conhecidas pela ciência. Entre elas estão a onça-pintada, o maior felino das Américas; a surucucu, a maior víbora da Terra; a sucuri, a cobra mais pesada do mundo; a harpia, a maior ave de rapina da América do Sul.

Onça-pintada (Panthera onca), o maior felino das Américas – Foto: Fábio Paschoal

Viver na Amazônia é uma experiência única. Só estando aqui, dia após dia, enfrentando o sol causticante nos dias de seca e as chuvas intermináveis na temporada da cheia, acompanhando a mudança no comportamento dos animais que precisam se adaptar a essas diferentes estações, observando as aves migratórias chegando quando o alimento é abundante e indo embora quando o mesmo fica escasso, experimentando os frutos, gostosos ou não, que se desenvolvem nas diferentes épocas do ano, reparando no ciclo de vida das borboletas… Só assim é possível se ter uma vaga ideia do que é esse lugar. Um lugar que aprendi a amar! A Amazônia me ensinou como ser uma pessoa melhor. Aprendi muito sobre o ecossistema e sobre as relações entre os seres vivos e o meio ambiente. É impressionante como tudo isso é perfeito e frágil ao mesmo tempo.

Surucucu (Lachesis muta), a maior víbora da Terra – Foto: Fábio Paschoal

Conheci pessoas inesquecíveis, gente com um coração do tamanho do mundo, que me faz acreditar que ainda existe esperança para a Terra. Aprendo muito todos os dias e não me canso de ver coisas que me fascinam. A Amazônia me proporcionou muito mais do que eu poderia sonhar e só tenho a agradecer por ter conhecido essa floresta. Mas, após um ano estou chegando ao meu limite, e está na hora de procurar novos ares.

Saio daqui com muito mais conhecimento, mas com a consciência de que ainda sabemos muito pouco sobre esse lugar. E esse motivo sozinho, entre tantos outros que existem por aí, já seria suficiente para preservá-lo. A Amazônia vai deixar saudades, mas estará sempre viva na minha memória e no meu coração.”

Sucuri (Eunectes murinus), a cobra mais pesada do mundo – Foto: Fábio Paschoal

Harpia (Harpia harpyja), a maior ave de rapina da América do Sul – Foto: Fábio Paschoal

Comentários (23)
Deixe seu comentário
Nome
E-mail
Comentário (Seu comentário mínimo 5 caracteres )

  • Por: Andreia Mendes De Macedo
  • -
  • 5 de setembro de 2012 às 12:21

Adorei saber disso,não sei muito sobre a Amazônia ,mas ,tenho curiosidade em saber….Parabéns pelas fotos,muito lindas!!Acredito ter sido uma experiência unica na tua vida poder ter vivido isso,PARABÉNS novamente!!Abraço…

  • Por: Evelyn Rebecca Miranda
  • -
  • 6 de setembro de 2012 às 12:43

Excelente matéria e lindas imagens. Fiquei ainda mais curiosa em conhecer esse lugar cheio de superlativos. Fico tocada quando penso que ainda há tantas pessoas sem a consciência da preservação desse presente de Deus. Parabéns Fábio pela incrível experiência.

Evelyn Rebecca

  • Por: caqui
  • -
  • 11 de setembro de 2012 às 14:59

Bonito, Paschoal. Conhecer pessoalmente esse lugares é fantástico. Sempre fico maravilhado quando vou ao cerrado, lindo e diverso de um jeito próprio e tímido, mas só posso imaginar a grandiosidade amazônica.

  • Por: Larissa Rebello
  • -
  • 6 de setembro de 2013 às 20:26

Bela viagem, belo relato, lindas fotos! E pensar que toda essa vida tão secreta está perto de nós, dentro do nosso país!

  • Por: rafael josue
  • -
  • 17 de setembro de 2013 às 11:07

e muinto legal

  • Por: Maria Aparecida Novaes Theodoro
  • -
  • 21 de setembro de 2013 às 0:56

Indescritível!!!!!!!!!!!!!

  • Por: M.Kobus
  • -
  • 20 de dezembro de 2013 às 18:17

Viva a amazônia!!!

  • Por: ana maria valentim
  • -
  • 9 de janeiro de 2014 às 13:52

Sou uma apaixonada por árvores e flores.

  • Por: Monica
  • -
  • 20 de fevereiro de 2014 às 13:59

Muito interessante, fotos lindas interessante relato. Porem vale lembrar que a floresta amazônica não e uma floresta tropical, e sim equatorial.

    • Por: Fábio Paschoal
    • -
    • 21 de fevereiro de 2014 às 16:50

    Oi Mônica
    De acordo com a classificação de Holdridge e as observações climatológicas do IBGE, duas formas podem ser encontradas na Amazônia: floresta tropical úmida (biotemperatura média anual superior a 24°C e precipitação média anual entre 2.000 e 4.000 mm) e floresta tropical semi-úmida (biotemperatura média anual superior a 24°C e precipitação entre 1.000 a 2.000 mm). Essas definições foram tiradas do site do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Obrigado pelo seu comentário.

    Um abraço

  • Por: sonia coana
  • -
  • 5 de março de 2014 às 18:46

amei o que li e imagens muito interessantes e importantes para sua preservação

    • Por: Fábio Paschoal
    • -
    • 6 de março de 2014 às 14:20

    Oi Sonia. Muito obrigado. Fico feliz que tenha gostado

    Abraço

  • Por: RENATA MEDEIROS
  • -
  • 5 de setembro de 2014 às 15:03

Temos que preservar essa riqueza, em prol de nossos filhos e netos, da vida no nosso planeta! Precisamos desse compromisso!

  • Por: marcia
  • -
  • 11 de maio de 2015 às 15:05

gostei muito deste comentaria, tenho verdadeiro sonho de um dia conhecer a Amazonia esta riqueza do nosso pais!!!!

  • Por: gustavo lucas siqueira prado
  • -
  • 11 de maio de 2015 às 18:27

legauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  • Por: Athalycia Torres
  • -
  • 13 de maio de 2015 às 20:24

Olá, Fábio Paschoal, é muito linda a sua história de vida pela Amazônia, pois faço parte dela e não conheço tão tanto como você nós mostrar em suas histórias de vida. Parabéns por nós contar um pouco da sua história. Hoje sou estudante de engenharia florestal e pretendo conhecer mais a fundo a nossa Amazônia. Que Deus Abençoe na sua nova vida, sucesso….
Abraços!

    • Por: Fábio Paschoal
    • -
    • 14 de maio de 2015 às 8:41

    Muito obrigado Athalycia. Fico feliz que tenha gostado do relato e que esteja estudando para atuar na área ambiental. Boa sorte na sua jornada. Abraço

  • Por: Jair Pereira da Silva
  • -
  • 16 de maio de 2015 às 17:22

Ola Fábio, tudo bem.
Li sua matéria e quisera ter esta oportunidade de conhecer este lugar que tanta me inspira em minhas historia. Você foi mto feliz nas fotos e como as viveu.
Estou em fase de pesquisa para um projeto de escrever um livro de ficção cientifica que aborda entre outros, a devastação da floresta e suas consequências. A historia se passa no ano de 2100, portando, vou precisar de maiores informações possível sobre a floresta seu ecossistema, etc.. enfim, o que você achar mais relevantes ou curiosidade da floresta e seu habitat.
Obrigado e sucesso.

  • Por: isabela
  • -
  • 16 de agosto de 2015 às 18:34

quero saber sobre os goufinho

  • Por: Theodomiro Gama Jr
  • -
  • 6 de setembro de 2015 às 11:32

Na posição de Guerreiro Tupinambá, representante do Povo da Floresta Amazônica, somos gratos pela vivência aqui compartilhada. Obrigado! Do Ttt13.

  • Por: edelania alves
  • -
  • 30 de outubro de 2015 às 9:03

aaaaaddoooooooorrrrrrrreeeeeeeeeiiiiiii muito legal

  • Por: JOICSATTAIFF
  • -
  • 2 de novembro de 2015 às 18:55

You’ve got very good information right here.

  • Por: Iara Tonidandel
  • -
  • 21 de março de 2016 às 12:31

Fui para a Floresta Amazônica e amei o que vi e fotografei.
Esse bioma deve ser protegido e preservado . Experiência única e necessária de ser repetida.