Comer bem e barato igual a: aproveitar o menu de mediodia

Para comer bem e barato em Barcelona é preciso ficar de olho no relógio. Aqui, “mediodía” não é sinônimo do nosso meio-dia, ou seja, 12 horas. O conceito “mediodía” é um período abstrato que vai mais ou menos da uma da tarde às 3 e meia. Em outras palavras, é a hora do almoço catalão.

Se você é daqueles que têm fome antes ou depois dessa faixa horária, prepare para encarar um sanduba. É dificílimo achar um restaurante decente aberto a qualquer hora, como no Brasil. E se você é daqueles que passam o dia com o café da manhã e comem como um visigodo no jantar, deve estar preparado para gastar o dobro, no mínimo.

Para nós, brasileiros, é difícil entender porque o mesmo filé de peixe com verdurinhas custa X no almoço e Y no jantar. Mas aqui é regra: quase todos os restaurantes bacanas da cidade têm um “menu de mediodía”, uma versão simplificada e (muito) econômica do cardápio tradicional que vale na hora do almoço, de segunda a sexta. Para quem quer economizar, almoçar nos restaurantes badaladinhos durante a semana é um programão.

Por exemplo, sexta passada fui com três amigas ao Cheese Me, um lugar bacanérrimo no Borne, onde os pratos sempre têm um toque de queijo, como o nome sugere. Tracei uma super versão pós-moderna da caesar salad com espuma de parmesão e um delicioso magret de pato com molho ao vinho. Tive direito à sobremesa (pedi fruta, mas poderia ter pedido cheese cake), café e vinho. Tudo isso por 11 euros! Se eu tivesse comido tudo isso algumas horas mais tarde, teria desembolsado 30 euros brincando. Vale ou não vale transferir a principal refeição do dia para essa hora?

E aqui vai uma listinha de alguns dos meus “menus de mediodia” favoritos, os preços variam de 9 a 15 euros:

Cheese Me: cozinha criativa com queijo em praticamente todas as receitas. O único problema: o a decoração é tãããão modernete (maldito japonês bam bam bam que assinou o projeto) que apenas duas meses são razoáveis para quem vai em turma. Os demais sentam em balcões e ficam com torcicolo. Ligue e reserve o diabo das mesas, pois…

Carmelitas (foto): os ingredientes são frescos e vêm diretamente do Mercado de La Boqueria. É bom pra quem quer uma coisa light, simples e boa. Localizado em um antigo convento de freiras Carmelitas reformado. Tem ambiente animadinho.

Silenus (Carrer dels Angles, 8, 93 302 26 80): Lindo restaurante ao lado do Macba, que serve cozinha mediterrânea criativa gostosinha.

Quatre Gats: Restaurante famosíssimo, onde Picasso passou grande parte de sua juventude boêmia. Excessivamente caro no jantar, serve um menu honesto e em conta (cerca de 15 euros) no almoço. Imperdível.

Un Posto al Sole: A parede anda precisando de uma pintura, mas é meu italiano favorito. O menu do almoço é saradíssimo, com direito a uma pizza inteira (individual mas enorme) como segundo prato. Mantém a linha bom e barato também na hora do jantar. 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.